Descubra como escolher o equipamento de proteção individual ideal

4 minutos para ler

No que diz respeito à segurança do trabalho, não só é importante cumprir regras e preparar espaços laborais, como também adquirir o melhor Equipamento de Proteção Individual para cada caso.

Os melhores EPI’s — como também são conhecidos esses aparatos — são aqueles que seguem as regras prescritas para cada tipo de trabalho, mas não apenas isso. A fabricação, as certificações e a procedência também contam muito.

Neste artigo, vamos apresentar as razões pelas quais eles são necessários. Além disso, vamos dar algumas dicas para você escolher as opções mas adequadas e as melhores marcas, evitando dores de cabeça no futuro. Continue lendo e saiba mais!

Por que os EPIs são necessários?

Não é apenas porque estão prescritos nas Normas Regulamentadoras que os equipamentos de proteção individual são indispensáveis. Eles garantem a segurança do colaborador, assim como o protegem contra doenças ocupacionais.

São aparatos e medidas simples, mas que podem salvar vidas e ainda melhorar o ambiente de trabalho em vários aspectos. Seja do ponto de vista legal ou não, adquirir o equipamento de proteção individual ideal é de suma importância para todos.

Como escolher os equipamentos de proteção individual?

No entanto, existem diferenças qualitativas entre os itens, de modo que não basta adquirir os mais baratos para economizar tempo e dinheiro.

Equipamentos com o Certificado de Aprovação vencido, problemas de fabricação ou de marcas duvidosas podem afetar a segurança no ambiente de trabalho. Aparatos que deveriam garantir uma melhor ergonomia, por exemplo, podem acabar permitindo que o trabalhador sofra lesões.

A seguir, você confere os principais passos para ter certeza de que está escolhendo os EPI’s corretos para a sua empresa.

Busque a orientação de especialistas

Perguntar é a melhor maneira de evitar problemas. Se você acha que são necessárias informações demais para realizar a compra desses itens, não hesite em consultar um especialista. Inclusive, o blog da EPI Fortte existe para ajudá-lo com isso!

Identifique os EPIs na NR 06

A Norma Regulamentadora n.º 6 descreve quais são os Equipamentos de Proteção Individual prescritos por lei para cada ambiente, nível de risco e categoria de ameaça. Assim, há aparatos para prevenir contaminação biológica, acidentes, ameaças químicas e assim por diante.

Considere a marca e o material

Todos os EPIs devem atender às mesmas regras de fabricação. Caso contrário, não serão aprovados pelos órgãos regulamentadores, tampouco vendidos nos estabelecimentos especializados.

No entanto, algumas regras de compra que valem para outros produtos também são aplicáveis a eles.

Por exemplo, um capacete pode ser mais caro e ter maior durabilidade, um par de luvas pode ter custo-benefício maior que outro e assim por diante. Considere comprar marcas que são referência no mercado e melhore a experiência de uso do material.

Prefira EPI’s reguláveis

Alguns equipamentos, quando são do tipo regulável, oferecem um conforto maior ao colaborador, o que aumenta a segurança e produtividade dele.

Leve em conta também a procedência dos Equipamento de Proteção Individual. Comprar de lojas que oferecem tradição e são referência evita gastos desnecessários. Hoje, a distância geográfica desses estabelecimentos não é mais desculpa, já que é possível comprar online.

Entre em contato com a EPI Fortte e tenha a certeza de adquirir EPI’s de qualidade, com o melhor custo-benefício e que estejam em dia com as certificações e os prazos de validade!

Você também pode gostar

2 thoughts on “Descubra como escolher o equipamento de proteção individual ideal

Deixe um comentário